Confira como foi a 2a. Reunião dos Atletas da Febatri

19/7/2018 | No dia 18 de julho, aconteceu na sede da Febatri, em Salvador, a 2a. Reunião dos Atletas da Febatri.

 A reunião teve como objetivo a convocação dos atletas para formarem comissões, que representarão os interesses dos grupos e/ou regiões. Com a formação dessas comissões, ficará mais fácil conhecer e entender as demandas, pleitos e soluções dos atletas, assim como o aumento da sua representatividade.

A reunião foi feita de forma presencial e ainda foi transmitida ao vivo pelo Facebook e instagram, onde dezenas de outros atletas puderam participar, seja interagindo ou acompanhando. Na reunião presencial tivemos a presença do Presidente e também atleta Walter Kraus, Bruno Vieira (Elite), Fábio Rigueira (Paratriathlon), Pepê (Atleta e parceiro da Febatri com a G9 seguros) e Cleber Castro (Atleta e Dir. Mkt Febatri). Já a audiência virtual, ficou por conta de mais de 70 atletas da Bahia, mas também contou com a participação de atletas de outros estados e do Paratleta Marcelo Collet, que está em temporada fora do país.

A reunião foi iniciada por volta das 18h45 e teve em sua abertura, a apresentação dos atletas e alguns outros destaques e acontecimentos do triathlon baiano. Durante a apresentação, Pepê explicou o motivo de estar apoiando a Febatri através da sua empresa de seguros, para que todos os atletas das provas e eventos homologados pela Febatri, estejam segurados e protegidos.

Confira abaixo a pauta da reunião e os respectivos comentários, ideias e sugestões:

a) Comissão de atletas
Foi explicada a necessidade de formarem comissões que representem os interesses de grupos de atletas, seja por categoria ou regiões. Os atletas foram convidados para que se candidatassem para representarem os atletas da sua região ou categoria. Os atletas que desejarem participar dessas comissões e serem os representantes da mesma, deverão entrar em contato através do website da Febatri, no endereço: www.febatri.com.br.

Foi feita a sugestão de criar as comissões por grupos e regiões, conforme a seguir:
- Comissão de atletas de elite
- Comissão de atletas do Paratriathlon
- Comissão dos atletas da Capital
- Comissão dos atletas das regiões do Estado (Vitória da Conquista, Jequié, Juazeiro, Ilhéus/Valença e assim por diante.)

A ideia das comissões foi tão bem aceita, que foi sugerido também, criar comissões de captaçãoo de patrocínio e apoio aos atletas e a federação.

b) Triathlon Olímpico
Foi explicada a dificuldade de achar uma data ideal para a realização da prova. Além da data, existe também a escassez de recursos. Foi sugerida a possibilidade de submeter a votação dos atletas, a realização da prova de forma enxuta, com o mínimo possível de estrutura. Isso seria uma forma de saber a opinião dos atletas, se topariam fazer uma prova com preços mais acessíveis e consequentemente, com estrutura mais simples.

c) Horário, locais e preços das provas
Foi bastante explicado os motivos que levam a se decidir fazer uma prova em uma determinada região, horários e preços. O preço da inscrição de uma prova está ligado diretamente na estimativa de público total da mesma. Quanto mais atletas participarem das provas, maior seria a estimativa de recursos e menor seria o preço da inscrição. Do mesmo jeito, que a redução da participação dos atletas, proporciona uma redução da estimativa de recursos e por consequência pode acarretar em aumento do preço da prova ou até mesmo a não realização.

d) Premiação em dinheiro
O grupo também conversou sobre a viabilidade e a necessidade da premiação em dinheiro. Até o ano passado, o preço da inscrição de elite era maior do que o Age Group, sendo que não havia nenhuma diferença de benefícios para a categoria Elite. Sendo assim, e por ainda não ter a expectativa de premiação em dinheiro em 2018, a Febatri resolveu reduzir o valor da inscrição de Elite, deixando-a com o mesmo valor do Age Group.

Foi cogitado nos bastidores, o desejo de ter premiação pecuniária, a partir da próxima etapa, que será no dia 22 de julho, em Guaibim. Porém, como não fora atingido o número total de atletas estimados, não será possível direcionar verbas do evento para a premiação dos atletas. 

Foi dada também, a sugestão de premiar os vencedores, com a isenção de inscrição da etapa seguinte. Foi uma ideia bem interessante, para se pensar e começar a oferecer algum benefício para os atletas. Tudo isso será colocado em discussão e votação.

O desejo de ter premiação pecuniário é unânime.  Será preciso descobrir uma maneira de fazer isso sem ter impacto financeiro à Febatri.


e) Seleção Febatri
Uma outra sugestão que agradou bastante aos atletas, foi a formação da seleção Febatri. Sabemos que muitos atletas estão participando de provas nacionais e internacionais, mas que muitas vezes não possuem apoio para os altos custos que estas provas demandas. Sendo assim, foi sugerido criar uma seleção com estes atletas, com a finalidade de captação de apoio de forma coletiva, onde as ações promocionais poderiam ser feitas conjuntamente com esta equipe. Ainda há diversos detalhes para se pensar, mas foi um ponta pé inicial. Muitos atletas baianos estão deixando de competir no calendário nacional e internacional, por falta de apoio. Precisamos mudar este cenário.

Após o término da reunião, ficou definido dar os seguintes passos:

1) Realizar pesquisa com atletas, para conhecermos as opiniões e necessidades deles

2) Realizar votação online sobre algumas decisões a serem tomadas

3) Montar as comissões de atletas por categorias e regiões

4) Votar nos representantes destas comissões, para termos um líder de cada uma delas, que ficará responsável por coletar informações, opiniões e também levar informações para o seu respectivo grupo

5) O que ficar decidido através da escolha dos atletas, pela contagem dos votos, será submetido à pauta da Assembléia para que seja homologado, caso exista viabilidade

6) Incentivar a participação de todos atletas junto à Febatri e as respectivas comissões

7) Promover uma reunião de técnicos para traçar um projeto em conjunto, para o fomentar o esporte.

Independentemente desta reunião, todo triatleta poderá enviar sugestões, críticas e possíveis soluções à Febatri, para que seja discutida e que, principalmente contribua com o processo de melhoria contínua.

AGENDE-SE

DESTAQUE

O Baiano Bruno Vieira assume a terceira colocação no ranking brasileiro sub-23 de Triathlon

O triathlon baiano está cada vez melhor representado no cenário nacional.


Agradecimentos e contribuições

Propósito e perfil Febatri


PARTICIPE

Contribua com sugestões  FALE CONOSCO